sexta-feira, 28 de abril de 2017

Autor do gol da vitória, Elielton fala sobre sua atuação no jogo-treino

Preparando-se para a disputa da Série B1 do Campeonato Carioca, o Barra Mansa realizou um jogo-treino contra os juniores do Fluminense na manhã desta quinta-feira (27 de abril). O Leão do Sul venceu o teste por 2 a 1, em Xerém.

Autor do gol decisivo, o atacante Elielton falou sobre sua atuação na partida e sobre o lance que ele protagonizou, que resultou no pênalti a favor do Barra Mansa:

"Tivemos um bom jogo-treino. Tive a oportunidade de mostrar uma boa atuação ao novo professor Gilberto. No segundo tempo, entrei muito bem e, depois de um belo chute do Marquinhos, o goleiro rebateu a bola e fui correndo conseguindo pegar antes que o goleiro chegasse na bola. Aí, como ele chegou atrasado, fez o pênalti em mim. Eu mesmo bati o pênalti e fiz o gol da vitória".

O Barra Mansa está no Grupo A da Série B1 do Campeonato Carioca junto com América, Americano, Audax Rio, Barcelona, Carapebus, Itaboraí, Olaria, Queimados, Sampaio Corrêa e Serra Macaense. A estreia será contra o Itaboraí, no dia 13 de maio, em casa.

quinta-feira, 27 de abril de 2017

Barra Mansa vence juniores do Fluminense em jogo-treino

Na manhã desta quinta-feira (27 de abril), o Barra Mansa Futebol Clube realizou o seu primeiro jogo-treino sob o comando técnico de Gilberto Pereira. O adversário foi a equipe júnior do Fluminense em teste ocorrido no Centro de Treinamento do Fluminense, em Xerém, distrito de Duque de Caxias.

O Barra Mansa abriu o marcador logo aos 5 minutos com gol de Bruno. Ainda no primeiro tempo, aos 30 minutos, o Fluminense empatou ao lançar uma bola na área e desviar no atleta Gustavo, do Barra Mansa, e entrar para o gol.

No segundo tempo, o Leão do Sul demonstrou mais superioridade na posse de bola e conseguiu chegar ao seu segundo gol com Elielton cobrando pênalti.

O Barra Mansa estreia na Série B1 do Campeonato Carioca no dia 13 de maio, contra o Itaboraí. A partida está marcada para o Leão do Sul, mas o estádio ainda depende de laudos técnicos para a liberação.

quarta-feira, 26 de abril de 2017

Barra Mansa terá amistoso contra os juniores do Fluminense nesta quinta-feira

A equipe do Barra Mansa terá um grande desafio pela frente na sua pré-temporada visando o começo do Carioca da Série B1. Nesta quinta-feira (27), o Leão irá enfrentar o Sub-20 do Fluminense. O jogo será realizado no CT do Flu, em Xerém, às 10 da manhã.

Será o primeiro compromisso do técnico Gilberto Pereira no comando da equipe do Sul Fluminense. O treinador vem trabalhando apenas 11 dias desde a sua chegada e conta com o apoio do ex-treinador Luis Fernando Irala que iniciou os trabalhos há um mês e meio com uma equipe que manteve a base do ano passado.

Até aqui, o Barra Mansa realizou dois jogos-treino e saiu com a vitória (TKO Soccer por 3 a 0 e o Guarani de Volta Redonda, por 1 a 0). A estreia está prevista para o dia 13 de maio na Série B1 do Campeonato Carioca contra o Itaboraí.

Fonte: radioesportemetropolitano.com
Escrito por Weliton Labarra

segunda-feira, 24 de abril de 2017

Loucos pelo Barra Mansa, torcedores explicam a paixão pelo clube da cidade

Um amor sem medida, que vagueia entre o limite da emoção e da razão. Afinal, como explicar a paixão dos torcedores pelo Barra Mansa Futebol Clube? O Blog do Barra Mansa FC buscou vários torcedores barramansenses, de diferentes faixas etárias, para tentar entender esse sentimento pelo Leão do Sul.

Começamos pelo jovem Gustavo Ribas, de 13 anos, torcedor e estudioso sobre o futebol barramansense, administrador de vários blogs sobre o tema:

"Certo dia, eu tinha uns 7 anos, e perguntei para o meu pai se tinha algum time profissional em Barra Mansa. Aí, ele disse que sabia do Barra Mansa e do Barbará. Conheci o Barra Mansa e senti que torcer para o Barra Mansa era muito empolgante. Acho que as pessoas deveriam dar mais valor ao clube que representa nossa cidade".

Já Carlos Alberto de Carvalho, de 52 anos, é outro torcedor barramansense, sempre atento e crítico a respeito das novidades do clube:

"Acho que os torcedores do Barra Mansa são diferentes de todos os clubes de outras cidades. O torcedor do Barra Mansa tem o time no sangue, no coração, na alma. Está na raiz do barramansense o jeito de torcer pelo Barra Mansa Futebol Clube".

Renniêr Guimarães, de 29 anos, é presidente da torcida Mancha Azul e vivenciou cada momento especial durante os jogos que resultaram na conquista da Série B em 2014 e na participação na série A em 2015:

"A conquista da série B foi coisa de louco, né? Fomos pra Xerém com dois ônibus e fizemos a festa lá. Na Série A, fomos o time de menor investimento que mais colocava torcida, apesar de jogar em outra cidade. Íamos nos jogos no Rio. Foi uma experiência fora do comum. Quem torce pelo Barra Mansa é apaixonado mesmo".

Audren é um dos atletas do Barra Mansa que participou desse período entre 2014 e 2015 e sentiu, de dentro do campo, toda a força que a torcida barramansense transmite das arquibancadas:

"O Barra Mansa sempre foi empurrado pela sua torcida. A torcida do Barra Mansa joga junto com o time. Pra mim, é a melhor torcida dos times de menor investimento porque os caras apoiam o tempo todo. E, muitas das vezes, o time cansando e exausto, a torcida conseguia dar um gás pra equipe. Eles foram a grande motivação do acesso em 2014".

domingo, 23 de abril de 2017

"A prioridade é liberar o Leão do Sul", afirma o vice-presidente do Barra Mansa

No mesmo dia da apresentação de Gilberto Pereira como treinador do Barra Mansa, o vice-presidente Ezequia de Oliveira foi entrevistado pelo repórter José Roberto Mendonça (da Rádio Comércio) e explicou detalhes sobre a situação da liberação do estádio Leão do Sul, na Colônia Santo Antônio.

"A prioridade hoje é liberar o Leão do Sul... Eu quero dizer para a torcida barramansense que o trabalho não está sendo fácil, mas vamos conseguir liberar o estádio. Já vamos mudar a parte elétrica, já vai começar o trabalho de alvenaria nos vestiários, uma parte que a Polícia Militar nos exigiu para que possa se adequar às medidas da federação".

Perguntado sobre quais reformas exatamente estão sendo necessárias, Oliveira respondeu:

"Vai ter que ter uma portaria para a torcida adversária, é uma exigência da PM. Vamos ter que fazer uma pavimentação onde tem uns pedregulhos. Então a gente vai solucionar esses problemas e, acredito que, com isso, vamos liberar o Leão do Sul para ser o nosso décimo segundo jogador do Barra Mansa".

Sobre a separação das torcidas local e visitante nas arquibancadas, uma exigência antiga da Polícia Militar, Oliveira esclareceu o seguinte:

"Estamos contratando uma empresa que vai fazer a separação da dependência de outras torcidas. Amanhã, ela já estará no estádio fazendo o orçamento e na próxima segunda-feira já começará a fazer esse isolamento".

O Barra Mansa estreia na Série B1 do Campeonato Carioca no dia 13 de maio, contra o Itaboraí. A partida está marcada para o Leão do Sul, mas o estádio ainda depende de laudos técnicos para a liberação.

sábado, 22 de abril de 2017

Base do Barra Mansa anuncia parceria com AA Beira Rio, da Vila Maria

Na manhã deste sábado (22 de abril), o diretor de futebol do Barra Mansa Futebol Clube - Alexandre Freitas - anunciou uma parceria com a Associação Atlética Beira Rio, para o uso do campo da Vila Maria.

"Fechamos uma importante parceria com a Associação Atlética Beira Rio para a categoria de base. Todos os treinos de preparação para a disputa do Campeonato Carioca serão no campo da Vila Maria", explicou Alexandre Freitas.

As equipes sub 15 e sub 17 treinarão no campo da Vila Maria de terça-feira a sexta-feira, das 13h às 17h. Já as equipes sub 13 e sub 14 continuarão treinando no campo dos Sindicatos Bancários, na Colônia Santo Antônio.

sexta-feira, 21 de abril de 2017

Barra Mansa: sub 14 e sub 15 vencem Atlético Rio em amistosos da base

Equipe infantil
Nesta sexta-feira (21 de abril), as equipes infantil (sub 14), infantil (sub 15) e juvenil (sub 17) realizaram jogos amistosos contra os times do Atlético Rio, de Volta Redonda. As partidas ocorreram no Centro de Treinamento do Aeroclube, na Cidade do Aço.

As duas equipes infantis conseguiram superar seus adversários voltarredondenses. O sub 14 venceu por 3 a 1 e o sub 15 ganhou de 2 a 1. Já a equipe juvenil foi superada pelo Atlético Rio pelo placar de 3 a 2.

A equipe sub 13 vem se preparando para a disputa do Campeonato Metropolitano e os garotos do sub 17 estão se aprontando para o Campeonato Carioca da Série B1. O Barra Mansa ainda participará do Campeonato Metropolitano sub 14.
Equipe infantil (sub 14)

Campeões de 95 lembram da primeira conquista do Barra Mansa na 2ª Divisão do Carioca

Equipe do Barra Mansa que foi campeã de 1995
O dia 16 de março de 1995 ficará marcado eternamente na trajetória centenária do Barra Mansa Futebol Clube, quando conquistou o seu título mais heroico, o de campeão do Módulo Intermediário do Campeonato Carioca, correspondente à divisão de acesso à elite na época.

A competição, em pontos corridos, foi equilibrada do início ao fim, de modo que quatro equipes chegaram na última rodada com chances de ser campeão. Além disso, essas mesmas equipes se cruzariam nos seguintes confrontos: Nova Iguaçu x Barra Mansa e Bayer x Bonsucesso.

Antes da rodada decisiva, o Leão do Sul era apenas o terceiro colocado e precisava vencer o seu jogo fora de casa e ainda torcer para um tropeço do Bonsucesso contra o time de Belford Roxo.

O meia Alexandre "Palhinha" lembra de um drama pessoal que viveu nesse período: "Depois que perdemos para o Bonsucesso, eles comemoravam como se fossem campeões. Na semana do jogo decisivo, minha mãe sofreu um acidente automobilístico e ficou entre a vida e a morte. Quando fui vê-la, decidi não jogar. Mas ela falou que eu podia jogar. Isso me deu força e joguei como nunca. Dediquei-me tanto que, no final do jogo, não conseguia ficar em pé, com tanta cãibra".

E para a alegria dos cerca de 100 torcedores barramansenses que compareceram ao estádio Louzadão, em Mesquita, o Barra Mansa venceu o Nova Iguaçu, com gol de Luiz Fernando Irala aos 44 minutos do primeiro tempo. Um jogo emocionante e, ainda, acrescido ao calor da baixada fluminense e dos torcedores presentes apoiando o time local.

O autor do gol decisivo - Luiz Fernando Irala - também lembra com carinho dessa partida decisiva: "Foi um dia especial onde a equipe estava concentrada com um único objetivo de levar o Barra Mansa para a Primeira Divisão. Mostramos que não estávamos na equipe simplesmente para mais uma temporada e sim para fazer história. Graças a Deus fui coroado com o gol do título".

No outro jogo, vitória do Bayer, que conquistou o vice-campeonato e, com isso, deveria ter subido para a divisão de elite do carioca no ano seguinte, juntamente com o Barra Mansa (campeão), mas, devido a arbitrariedades da federação, o acesso dos dois clubes foi negado.

Sobre essa temporada vitoriosa do Leão do Sul, o zagueiro Anderson "Vassouras" - capitão do time de 1995 -, lembrou: “Tenho muitas saudades da época, dos amigos, dos torcedores. Aprendi muito com as dificuldades do meu tempo de atleta profissional”.

Clique para ver a campanha do título (14 jogos, 8 vitórias, 3 empates e 3 derrotas)

Na foto acima, da esquerda para a direita e de cima pra baixo:, todos os heróis do título:
1ª fila – Adriano, Anderson "Vassouras", Dão, Naldo, Fabiano; 2ª fila – Brito, D´Alessandro, André Mineiro, Ernani, Nil; 3ª fila – Vicente (massagista), jogador dos juniores, Telmo e Geraldo Sá (dirigente); 4ª fila - Waltair dos Santos (Cafu – prep. físico), Geraldo Bruno (dirigente), Wilson Leite (técnico), Juarez, João Lino, Renato, Ricardo Todynho, Tatu, Itamar (roupeiro), Luis Cláudio (auxiliar técnico) e Celso dos Prazeres (presidente); 5ª fila – Alberto "Broinha", Luiz Fernando, Luciano Peixe, Rubinho, Juninho e Palhinha. Não consta na foto o goleiro titular Flávio.

quinta-feira, 20 de abril de 2017

Vice-presidente do Barra Mansa explica detalhes sobre a escolha do novo treinador

Após a apresentação de Gilberto Pereira para o comando do Barra Mansa, o vice-presidente Ezequia de Oliveira foi entrevistado pelo repórter José Roberto Mendonça (da Rádio Comércio) e esclareceu detalhes sobre como foi a contratação do novo treinador.

"Eu trouxe o Gilberto Pereira junto com a diretoria e o presidente Andrinho para agregar ao Barra Mansa, para que o clube chegue mais forte para a disputa da Série B1 e possa almejar o acesso. Então a vinda dele, junto com Luiz Fernando Irala, vai ajudar muito o Barra Mansa".

Sobre como conseguiu convencer um treinador com tanta experiência como o Gilberto Pereira a aceitar trabalhar no Leão do Sul, Oliveira explicou:

"Eu conheço o Gilberto Pereira há 10 anos. Ele já trabalhou comigo, foi campeão comigo no Matsubara numa excursão que nós estivemos na Ásia em 2007. É um treinador que vai ajudar muito o Barra Mansa".

Sobre o fato de ser a primeira vez de Gilberto Pereira trabalhando no futebol do estado do Rio de Janeiro, Oliveira respondeu o seguinte:

"É a primeira vez... (que ele trabalha no futebol fluminense). Eu o convenci a vestir este projeto de um clube centenário como o Barra Mansa. Ele tinha outras propostas, mas a amizade contou muito para que eu o convencesse a assumir o compromisso com o Barra Mansa".

O novo treinador deve começar os treinos na próxima segunda-feira (24 de abril). O Barra Mansa estreia na Série B1 do Campeonato Carioca no dia 13 de maio, contra o Itaboraí. A partida está marcada para o Leão do Sul, mas o estádio ainda depende de laudos técnicos para a liberação.

quarta-feira, 19 de abril de 2017

Gilberto Pereira é apresentado pra comandar o Leão na temporada 2017.

Na quarta-feira, dia 19 de abril o Barra Mansa Futebol Clube deu um importante passo para o início da campanha da série B1 do Carioca, o técnico Gilberto Pereira foi apresentado pela diretoria.

Ele participou de uma entrevista coletiva e falou sobre o trabalho que vai desenvolver à frente do clube.

Gilberto afirmou que tinha várias propostas para seguir trabalhando mas decidiu investir nele mesmo ao aceitar a oferta do Leão do Sul, segundo o treinador trabalhar no futebol carioca é uma honra e fazer um bom trabalho a frente do Barra Mansa pode abrir as portas pra qualquer grande clube.

— É uma cidade que tem um prazer muito grande com o futebol. Isso aumenta a responsabilidade, porque time de cidade onde há um prazer acima do normal, que é a vaidade com o futebol, se torna muito mais exigente. E a gente tá preparado para essa exigências. Espero contribuir muito. Tô vindo pra cá com a convicação de que as coisas podem dar certo - disse o treinador.

O treinador disse ainda que já assistiu um treino do Leão há 15 dias e que, inclusive, pediu a diretoria do clube a contratação de alguns atletas pra reforçar a equipe. O Barra Mansa conta hoje com 19 atletas no time principal, a idéia é que pelo menos mais 10 sejam incorporados ao elenco, os jogadores que já estão treinando desde o início do mês serão reavaliados pelo treinador.

Gilberto é Paulista, mas começou a carreira no Iraty do Paraná, o trabalho mais notório foi à frente do Atlético Goianiense. O Treinador foi integrante da comissão técnica permanente do time Goiano por 3 anos, e assumiu o cargo de treinador após fracassos de outros treinadores renomados, como Waldemar Lemos, René Simões e PC Gusmão. Em 2013 ajudou a livrar o clube do rebaixamento na Série B do Brasileirão.

Gilberto tem contrato até o domingo, dia 23 de abril, com o Votuporanguense, e na segunda, logo após a última partida pelo clube paulista, ele começa o trabalho no Barra Mansa FC. Gilberto já dirigiu equipes como Coritiba, CSA, Palmeiras B, Chapecoense, Crac, Londrina, Iraty, Cianorte, Cascavel, Caldas Novas, e Puntarenas, da Costa Rica.

Luiz Fernando Irala, que vinha treinando a equipe profissional continua no clube, segundo o Presidente Anderson Florentino, a identificação de Irala com o time e a torcida podem fazer a diferença no trabalho. Luiz Fernando será auxiliar técnico de Gilberto Pereira.

E por falar em torcida, questionado sobre o que espera do primeiro contato com a apaixonada torcida do Barra Mansa, Gilberto afirmou que conta com o apoio dos torcedores e que o trabalho só dá certo quando existe confiança entre as partes, ele espera que o apoio venha da arquibancada e que dentro de campo ele, a comissão técnica e os jogadores farão de tudo pra honrar a camisa do Leão do Sul.

A Série B1 do Campeonato Carioca começa no dia 12 de maio, com a primeira rodada da Taça Santos Dumont. No primeiro turno, os clubes estão divididos em dois grupos, e enfrentam as equipes da mesma chave. Os dois melhores avançam para as semifinais. Na Taça Corcovado, os times de um grupo encaram os do outro.

A Série B1 conta com a participação de 21 equipes — 19 pertencentes à divisão, além de Campos e Tigres, os dois rebaixados da elite do futebol carioca nesta temporada.

O Barra Mansa estréia dia 13 contra o Itaboraí em local ainda a ser definido.

Fonte: Fan Page Oficial do BMFC